O médico veterinário Carlos Maria Antônio Hubinger Tokarnia e a zootecnista Maria Norma Ribeiro serão agraciados com os prêmios “Professor Paulo Dacorso Filho” e “Professor Octávio Domingues”, respectivamente. As duas homenagens são concedidas anualmente pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) aos profissionais que mais se destacaram com contribuições relevantes para a ciência veterinária e para o desenvolvimento agropecuário brasileiro. Ambos receberão medalha, botón e placa pelos trabalhos prestados no decorrer de 2014. Os prêmios serão entregues no ano que vem, em local e data a serem definidas.

Segundo as informações disponíveis no Currículo Lattes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Tokarnia é graduado em Medicina Veterinária na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), onde atualmente trabalha como professor adjunto  no Instituto de Zootécnica/Departamento de Nutrição Animal e Pastagem. Ele coleciona diversos outros prêmios na área, além de ter atuado em  projetos de pesquisa sobre anatomia patológica animal e plantas tóxicas e deficiências minerais; no mais recente – concluído em 2013 -, atuou como coordenador de um projeto sobre ‘envenenamento ofídico em animais de produção no Brasil’.

Maria Norma Ribeiro
Zootecnista Maria Norma Ribeiro (foto: Facebook)

Já a dr. Maria Norma Ribeiro é  professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) na área de Conservação e Melhoramento de Recursos Genéticos de Animais Domésticos, segundo o Currículo Lattes, do CNPq. Mestre e doutora em Zootecnia, ela também é membro da diretoria da International Goat Association e coordenadora da Rede de Pequenos Ruminantes na América do Sul. Atua  principalmente nas seguintes áreas: caprinos, conservação, bovinos, caracterização e ovinos.

O prêmio
Ao Médico Veterinário, o CFMV  concede o prêmio “Professor Paulo Dacorso Filho” desde 1977; e ao Zootecnista, o prêmio “Professor Octávio Domingues”, desde 2009. As indicações dos profissionais devem ser encaminhadas ao Conselho Federal até o mês de julho, junto de toda a documentação que comprove a carreira dos indicados, como currículos e memoriais.

Para escolher os agraciados, os conselheiros do CFMV se reúnem, em sessão plenária, a fim de analisar de forma detalhada todas as indicações recebidas. Neste ano, os nomes do dr. Carlos Maria Antônio Hubinger Tokarnia e da dra Maria Norma Ribeiro foram definidos na última sessão plenária do Conselho Federal de Medicina Veterinária, que ocorreu entre 20 e 22 de outubro, em Vila Velha ( ES).

Memória
Paulo Dacorso Filho –  o nome do prêmio presta homenagem ao Médico Veterinário Paulo Dacorso Filho, um dos expoentes da Medicina Veterinária no Brasil. Formado pela Escola Nacional de Veterinária da Universidade Rural do Brasil em 1934, Paulo Dacorso Filho fez parte de várias associações e sociedades, além de ter sido membro do Conselho do CFMV.
O título de Mestre (Master of Science) em Patologia foi concedido pela Universidade Wisconsin, Estados Unidos, em 1947.  Darcoso formou-se também em Medicina, pela Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro em 1952. De 1952 a 1974, foi chefe do Laboratório de Anatomia Patológica do Hospital-Escola São Francisco de Assis.

Como professor, lecionou em instituições do Rio de Janeiro, Bahia e Rio Grande do Sul, e contribuiu para o desenvolvimento de muitos acadêmicos. Publicou cerca de 70 artigos científicos e ainda ocupou diversos cargos em respeitadas instituições. No Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), foi diretor do setor de Veterinária entre 1966 e 1974 e conselheiro entre 1960 e 1965.

Octávio Domingues –  ele foi autor de diversos estudos de importância para o desenvolvimento da Zootecnia no Brasil. O acreano nascido em Xapuri foi o primeiro professor de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura do Pará, em 1918. Graduou-se como engenheiro agrônomo em Piracicaba (SP) e pós graduou-se nos Estados Unidos. Mais tarde, passou a professor catedrático de Zootecnia Especial da Escola Nacional de Agronomia, hoje Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
Representando a Universidade carioca,  integrou a equipe de professores enviados aos EUA para avaliação dos procedimentos administrativos, didáticos, de pesquisa agronômica e extensão rural adotados pelo Sistema Universitário Norte-Americano dos “Laind Grant Colleges”.

Assessoria de Comunicação do CFMV

Anúncios