Busca

CCA/UFPB-Campus II-Areia-PB

Blog da Assessoria de Comunicação – Ivandro Candido

Professores da UFPB começam a se preparar para uma greve geral

Professores iniciam mobilização para uma greve geral contra o governo (Foto: Adufpb)

O Sindicato dos Professores da UFPB (Adufpb) divulgou nota na tarde desta terça-feira (23) comunicando que amanhã não haverá aula nos campi de João Pessoa e Litoral Norte (Mamanguape e Rio Tinto). O dia será dedicado à mobilização da categoria contra as propostas e medidas do governo Temer para a educação pública superior e flexibilização de direitos dos trabalhadores em geral.

“A paralisação foi definida durante assembleia da categoria realizada no último dia 16, mas não abrange os campi de Areia e Bananeiras”, informa a Aduf, detalhando que a suspensão das atividades em João Pessoa, Mamanguape e Rio Tinto permitirá a realização de atividades que começam às 7h desta quarta, com um café da manhã na entrada do prédio da Reitoria, no Campus I, em frente ao estacionamento.

“Já às 9h30, acontecerá a primeira reunião da Comissão de Mobilização formada durante a assembleia de professores do dia 16 visando à construção da greve geral no País. Em pauta estão os seguintes pontos: informes, preparação do Grito dos Excluídos (7 de setembro) e preparação de assembleia universitária com os três segmentos”, acrescenta a entidade, que na mesma nota convida “todas as pessoas e entidades interessadas em contribuir com a comissão para participar da reunião, que será realizada na sede do Sindicato, no Centro de Vivência do Campus I”.

No período da tarde, a partir das 17h30, será realizado ainda um protesto na entrada do CCHLA (Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes), com a participação dos docentes do Litoral Norte.

(Com Assessoria de Imprensa da Adufpb)

UNIFICA no Levante

14102464_164840537277231_8654038354203506684_n.png

Se liga comunidade acadêmica do CCA/UFPB!

O Levante é um movimento social que organiza a juventude. Estamos presentes em todo o país, inclusive nas Universidades, lutando por uma vida melhor e por direitos que são nossos. Aqui na UFPB, permanecemos na instiga de construir uma Universidade que atenda aos nossos anseios, sempre com muita coragem, ânimo e convicção em um projeto de academia mais participativo, democrático e popular.

Que tal conhecer esse movimento lindo e também fazer parte dessa juventude que ousa lutar por um país diferente? Cola com a gente nessa quinta-feira às 17h no Anfiteatro do Prédio das Representações Estudantis. Será uma tarde de muita mística e construção!

A nossa programação de apresentação não para por aí! Além disso, às 19h30 no mesmo espaço acontecerá o I Sarau Livre dos Bruxaxás, uma oportunidade inédita de soltar na roda toda a inspiração e potencial criativo de nossa estudantada, seja na música, na poesia ou mesmo na arte.

Confirmem presença e simbora com a gente mostrar do que a juventude faz diferente!

XVI Curso de Produção de Sementes de Hortaliças

folder

Apresentação
O Curso tem como objetivo a apresentação de tecnologias para o aprimoramento da produção e qualidade de sementes de hortaliças, bem como discutir problemas do setor sementeiro olerícola do Brasil. O público-alvo são estudantes, professores e profissionais envolvidos nas áreas de melhoramento genético, tecnologia de sementes e produção de hortaliças.

Tópicos

  • Mercado de sementes
  • Legislação
  • Produção de sementes orgânicas
  • Produção de mudas de hortaliças
  • Cultivo protegido
  • Aspectos da qualidade sanitária de sementes
  • Produção de sementes de várias espécies
  • Beneficiamento de sementes de hortaliças
  • Tratamento de sementes de hortaliças
  • Análise de sementes de hortaliças
  • Visita a campos de produção

Material didático
O material didático será distribuído aos participantes na forma de CD Rom.

Carga Horária
A carga horária do curso será de 24 horas

Público-alvo
Estudantes, professores e profissionais envolvidos nas áreas de melhoramento genético, tecnologia de sementes e produção de hortaliças.

Local
Universidade Federal da Paraíba, Campus II-Areia-PB, Paraíba, PB

Taxa de Inscrição

Estudantes – R$ 100,00*
Professores – R$ 200,00
Profissionais = R$ 400,00
*Mediante a apresentação de documento de matricula

Inscrição
http://conveniar.faped.org.br/eventos/Forms/Servicos/EventoDados.aspx?action=66
  *Estudantes devem enviar o comprovante de matrícula para o e-mail cnph.cursosementes@embrapa.br

Informações
cnph.cursosementes@embrapa.br

Coordenação
Edna Ursulino Alves – UFPB
Warley Marcos Nascimento – Embrapa Hortaliças
Riselane de Lucena A. Bruno – UFPB

Programação

Dia 19/10 (quarta-feira)

08:10 – 09:00 – Inscrições e entrega do material
09:00 – 09:30 – Abertura
09:30 – 10:20 – Panorama da produção de hortaliças no Brasil – Paulo César T. Melo (Esalq/USP)
10:00 – 10:30 – Intervalo
10:40 – 11:20 – Mercado de sementes de hortaliças – Warley M. Nascimento (Embrapa Hortaliças)
11:20 – 12:00 – Legislação brasileira sobre sementes de hortaliças – Maurício José Guerrini (MAPA)
12:00 – 14:00 – Almoço
14:00 – 14:40 – Qualidade de sementes de hortaliças e estabelecimento de plântulas – Warley M. Nascimento (Embrapa Hortaliças)
14:40 – 15:20 – Produção de sementes em cultivo protegido – Ítalo M. Guedes (Embrapa Hortaliças)
15:20 – 15:40 – Intervalo
15:40 – 16:20 – Produção de sementes orgânicas de hortaliças – Warley M. Nascimento (Embrapa Hortaliças)
16:20 – 17:00 – Produção de mudas de hortaliças
17:00 – 18:00 – Programa de melhoramento de pimenteiras ornamentais: do banco de germoplasma ao lançamento de cultivares – Maílson M. do Rego e Elizanilda R. do Rego (UFPB)

Dia 20/10 (quinta-feira)

08:10 – 08:50 – Produção de sementes de cebola no NE – Jarbas F. de Carvalho (IF Sertão-PE)
08:50 – 09:30 – Produção de sementes de coentro – Luiz J. G. Wanderley Jr. (Hortivale)
09:30 – 10:10 – Produção de sementes de alface – José Luiz S. de Carvalho Filho (UFRPE)
10:10 – 10:30 – Intevalo
10:30 – 11:10 – Produção de sementes de abóbora – Gabriel M. Maciel (UFU)
11:10 – 11:50 – Produção de sementes de jiló – Candido A. da Costa (UFMG)
11:50 – 12:30 – Produção de sementes de tomate – Paulo César T. Melo (Esalq/USP)
12:30 – 14:00 – Almoço
14:00 – 14:40 – Beneficiamento e secagem de sementes – Warley M. Nascimento (Embrapa Hortaliças)
14:40 – 15:20 – Análise de sementes de hortaliças
15:20 – 15:50 – Intevalo
15:50 – 16:30 – Patologia de sementes de hortaliças – Luciana C. do Nascimento (UFPB)
16:30 – 17:10 – Desenvolvimento e morfologia de flores, frutos e sementes (Aula Prática) – Warley M. Nascimento (Embrapa Hortaliças)

Dia 21/10 (sexta-feira)
Visita técnica a campos de produção de sementes de hortaliças – Laboratório de Tecnologia de Sementes de Hortaliças da UFPB

Fonte: https://www.embrapa.br/hortalicas/curso-sementes

quadro de logomarcas cs

Convite para Palestra do Dr. Randolph M Beaudry – PVE- CsF

Bom dia a Tod@s,

Temos o prazer de convidar a todos os colegas professores, técnicos administrativos, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores e demais interessados para a palestra do Dr. Randolph M. Beaudry, a ser realizada esta tarde no Auditório do Prédio Central deste Centro Universitário.

O Dr. Beaudry é Professor do Departament of Horticulture da Michigan State University e Diretor do Graduate Program in Horticulture. Ele é reconhecido com um expoente mundial na área de metabolismo vegetal e, neste sentido, desenvolve projetos de cooperação em pesquisa multidisplinares com diversos grupos de pesquisa em todo mundo.

A sua palestra abordará tema de interesse geral, sob o título “Packinghouses, Transportation and Storage of Perishables”, que será realizada hoje às 15h, conforme chamada em anexo.
Sua visita ao CCA é parte das atividades, previstas no Projeto do Programa Ciência sem Fronteiras do CNPq, sob o título “Inovação e Agregação de Valor à Manga e Abacaxi da Produção Integrada por Meio de Recobrimentos com Biofilmes contendo Líquidos Iônicos e Nanoemulsões Fitoquímicas com Propriedades Antifúngicas”, que está em andamento deste maio de 2015.

Atenciosamente,
Silvanda de Melo Silva
Laboratório de Biologia e Tecnologia Pós-Colheita

convite silvanda 2

*NOTA DE PESAR*

A Direção do Centro de Ciências Agrárias da UFPB, em nome de toda a comunidade acadêmica, manifesta profundo pesar pelo falecimento da Sra. Aretuza de Gusmão Malheiros, esposa do Professor Joaquim Regis Malheiros Filho, do Departamento de Zootecnia, ocorrido na manhã de hoje, em João Pessoa.

Prestamos nossas condolências aos familiares e amigos pela inestimável perda, rogando a Deus que dispense Sua graça para confortá-los nesse momento de dor e profunda tristeza.

O sepultamento será nesta quinta-feira, dia 18, às 9h, no Cemitério São João Batista, em João Pessoa.

Areia, 17 de agosto de 2016

Prof. Djail Santos – Diretor

XII SEMANA DE AGRONOMIA DO CCA/UFPB

XII SEAGRO LogomarcaO Centro de Ciências Agrárias sediará a XII SEMANA DE AGRONOMIA, um dos eventos mais tradicionais desta instituição, no qual se prevê a participação de 400 pessoas entre professores, alunos, agricultores e profissionais ligados à área.

O evento busca dar uma visão da versatilidade na atuação do engenheiro agrônomo, enfatizando a sua participação não somente na pesquisa agropecuária, mas também em atividades extensionistas, assegurando o manejo sustentável dos biomas e inserindo o profissional em novos contextos e tendências do mercado consumidor nacional e internacional.

A Coordenação do Curso de Agronomia, organizadora do evento, pretende também homenagear os 80 anos do Curso de Agronomia e sua ação na comunidade paraibana, através de capacitações e debates que permeiem a qualificação profissional sobre os mais diversos sistemas de produção, desde a exploração familiar em sistemas agroecológicos até a produção agropecuária tecnificada, garantindo a sustentabilidade das atividades no campo atrelado a ações socioeducativas na comunidade.

O evento será conduzido durante cinco dias e abrangerá diferentes atividades ligadas ao setor agropecuário regional. Os temas das palestras e minicursos serão apresentados por profissionais da área e professores especialmente convidados. Para cada minicurso serão disponibilizadas vagas limitadas por ordem de inscrição.

XII SEAGRO Cartaz

XII SEAGRO Panfleto minicursos

Assembleia Geral – 16/08

Professores fazem assembleia na próxima terça-feira (16/8)

Os professores da UFPB reúnem-se em assembleia geral na próxima terça-feira (16/8) para discutir a seguinte pauta: informes, ataques aos direitos e à Universidade e encaminhamento.

Em João Pessoa, a reunião acontecerá no Centro de Vivência, a partir das 9h. No mesmo horário, será realizada assembleia também nos campi de Areia e Bananeiras, nas respectativas secretarias adjuntas da ADUFPB. Já à tarde, a partir das 15h, os debates acontecerão no campus Litoral Norte, também na secretaria adjunta local.

A assembleia da próxima semana vai discutir as recentes medidas e projetos que afetam diretamente as instituições federais de ensino brasileiras. Entre elas está o anúncio feito pelo Ministério da Educação na última quinta-feira de novos cortes nas verbas das universidades.

A previsão é de que os recursos para investimento sejam reduzidos em até 45% no próximo ano.Já o montante estimado para custeio deve ter queda de cerca de 18%. Segundo cálculos de gestores, serão cerca de R$ 350 milhões a menos em investimentos para as 63 federais – na comparação com os R$ 900 milhões previstos para o setor neste ano.

Fonte: Ascom ADUFPB

13921016_1639643663019325_3715253712233239510_n

Processo Seletivo para o Mestrado em Ciência Animal

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, divulga a Chamada Pública nº001/2016, para selecionar discentes para o curso de Mestrado, com ingresso em 2017.

Baixe o Arquivo: Chamada Pública nº001/2016

Formulários de Inscrição: Formulários

Informações:

Coordenação do PPGCAn – CCA/UFPB – Bloco do Departamento de Zootecnia

Email: ppgcan.ufpb@gmail.com

Funcionamento da Secretaria: Segunda-Feira (Dia todo) – Terça a Quinta-feira (Pela Manhã)

Secretário: Jaldir

Leia mais: http://posgr.webnode.com.br/news/processo-seletivo-do-ppgcan-ingresso-2017-1/

Nota da PRPG sobre os cortes nos programas de fomento à pesquisa e à pós-graduação

Cortes nos programas de fomento à pesquisa e à pós-graduação

NOTA

O processo de formação do cientista brasileiro tem, na sua base, as atividades de iniciação científica e tecnológica, seguidas da pós-graduação stricto senso e da cooperação entre grupos de pesquisa (nacionais e internacionais). Os sistemas brasileiros de pesquisa e de pós-graduação têm sofrido cortes significativos em seus orçamentos, sobretudo nos últimos dois anos.

Neste contexto, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem enfrentando uma redução orçamentária nas verbas destinadas ao financiamento de suas atividades de Ensino, de Pesquisa Científica e de Extensão. Os cortes são preocupantes porque comprometem sobremaneira a base do ensino e do processo de formação em pesquisa e pós-graduação em nossa instituição. Os danos ocasionados já estão sendo sentidos no presente, com descontinuidade de diversas pesquisas, mas afetarão de maneira mais acentuada o futuro, com a redução na formação de recursos humanos qualificados na graduação e pós-graduação. Vejamos os fatos marcantes ocorridos nos anos de 2015 e 2016:

1) Redução significativa na concessão das bolsas de Iniciação Científica e de Iniciação Tecnológica do CNPQ. Redução similar ocorreu para o conjunto das universidades do País. Tal diminuição do número de bolsas PIBIC/PIBITI coloca em risco todo o esforço que a instituição tem empreendido para executar políticas de inclusão, expansão e consolidação de suas atividades acadêmico-científicas. Concretamente, a UFPB teve uma redução de 21% no número de suas bolsas CNPQ, apesar de ter recebido pareceres favoráveis de todos os avaliadores. Desse modo, o número de bolsas IC/CNPq para a UFPB foi reduzido de 518 para 406, voltando a patamares inferiores aos de 2007, quanto ao número de bolsas IC/CNPq. Por considerar um programa de política pública de sucesso na ciência, tecnologia, inovação e educação universitária, desempenhando um papel relevante para o despertar da vocação para a pesquisa científica, a UFPB garantiu, com recursos próprios, a concessão adicional de mais 112 cotas de bolsas, além das 501 bolsas que vem sendo concedidas pela instituição desde 2013. Assim, para que o número de bolsas para o período 2016-2017 não sofra solução de continuidade, e sem prejuízo para a comunidade universitária, a UFPB passará a financiar 613 das 1019 bolsas, ou seja 60,2% do total de cotas de bolsas da instituição. O reforço institucional em manter o número de bolsas, mesmo em face dos cortes sofridos no orçamento da instituição, se deve à importância estratégica do programa para a UFPB e para o Desenvolvimento Cientifico Regional. Lamentamos o corte sofrido nos investimentos para o programa de IC, o que representa uma grave miopia em relação ao futuro científico do Brasil.

2) Redução do valor do Programa de Apoio à Pós-graduação – PROAP da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes. O programa é responsável pelo custeio da pós-graduação brasileira. O corte em seu orçamento traz prejuízos para a mobilidade de pesquisadores, à divulgação científica, à manutenção de laboratórios e às demandas assumidas pelos programas de pós-graduação no sentido de ofertar melhores condições de pesquisa aos pós-graduandos. Em 2015, a UFPB recebeu o PROAP da Capes com redução de 75% do valor em relação ao valor concedido em 2014. No ano de 2016, o corte no PROAP foi ainda maior, atingindo cerca de 77% da verba para o custeio da pós-graduação institucional. Sensibilizada com a grave situação enfrentada pelo conjunto de programas de pós-graduação, a UFPB destinou, com recursos próprios do orçamento institucional, valor igual àquele concedido pela Capes para o conjunto de programas de pós-graduação da UFPB. Assim, em 2015, nenhum programa de pós-graduação recebeu menos que 50% do valor do PROAP que fora concedido em 2014 pela Capes. Já em 2016, a UFPB também propiciou um valor de suplementação do PROAP para os cursos que foi superior ao valor concedido pela Capes. Esta suplementação de recursos tem amenizado, em qualquer sorte, a situação financeira dos programas de pós-graduação em relação ao custeio mínimo de suas atividades de pesquisa e pós-graduação.

3) Suspensão de cerca de 4.000 cotas de bolsas de pós-graduação da Demanda Social oferecidas pela Capes em todo o País. A UFPB teve cerca de 78 cotas de bolsas de pós-graduação da Demanda Social suspensas pela Capes desde abril de 2016. A redução do número de bolsas da demanda social afeta sobremaneira o ingresso de novos alunos de pós-graduação e, consequentemente, as atividades de educação, ciência, tecnologia e inovação da instituição.

4) Outra medida de impacto que tem afetado negativamente a pesquisa e pós-graduação brasileira é o não fomento de itens de capital por meio do Edital Pró-Equipamentos da Capes, especificamente nos anos de 2015 e 2016. O programa Pró-equipamentos apoia propostas de aquisição de equipamentos de uso compartilhado, destinados ao desenvolvimento e melhoria da estrutura de pesquisa científica e tecnológica dos Programas de Pós-Graduação, em todas as áreas do conhecimento, nas Instituições Públicas de Ensino Superior.

É importante salientar que um dos principais impedimentos do sucesso das políticas de educação, ciência, tecnologia e inovação é o contingenciamento de recursos. Reconhecemos as dificuldades decorrentes da atual crise econômica pela qual passa o País, mas acreditamos que a pesquisa seja o único caminho para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

A Administração Central da UFPB manifesta-se em favor da preservação das políticas de apoio à ciência, tecnologia e inovação no país que vinham sendo implementadas em sintonia, por vários Ministérios de Estado, notadamente o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do CNPq, e o Ministério da Educação, pela Capes. Por fim, consideramos que investir em educação, ciência, tecnologia e inovação ajudará o País a sair da crise mais rapidamente.

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa | UFPB

Fonte:
Publicado por Rita Ferreira | ACS

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 70 outros seguidores